4 MANEIRAS DE REDUZIR O VALOR DA CONTA DE LUZ DURANTE O VERÃO

Verão é praticamente a preferência nacional quando falamos em estações do ano. Também não poderia ser diferente. É no verão que as férias escolares acontecem, que muitos profissionais saem de recesso, além de ter os melhores feriados para curtir na praia e em regiões onde o calor é sempre bem-vindo.

Mas nem tudo é festa. O verão ocorre em meses de muitos gastos, e, para não ficar no vermelho, vale economizar também nas contas básicas. Pensando nisso, a dica de hoje ajudará você a reduzir o valor da conta de energia elétrica, que costuma ser a que mais aumenta durante o período.

1) Menos tempo no chuveiro não é clichê

Sim, tomar banhos mais curtos pode ser a dica mais comentada, mas a reforçamos aqui, pois ela não é seguida à risca, principalmente no verão, quando o calor acaba acarretando em um maior número de banhos. Tente tomar banhos de, no máximo 10 minutos, sempre lembrando de desligar o chuveiro na hora de aplicar xampu e condicionador e de se ensaboar.

Além disso, para chuveiro elétrico, deixar a chave na posição de verão pode ajudar a diminuir até 30% do consumo de energia. Outra prática bem simples, mas que poucas pessoas seguem, é a de limpar os furinhos do chuveiro. “Mas por que eu vou fazer isso?” É simples: ao limpar os furinhos, a vazão da água aumenta e o consumo também é reduzido.

2) De olho em seus eletrodomésticos

Sabe quando você desliga a TV no final da noite, mas a deixa na tomada, mesmo desligada, para voltar a usá-la apenas no fim do outro dia? Pois é, a TV em stand-by gasta energia, e pior ainda, se você fizer isso com outros eletrodomésticos, como notebook, micro-ondas etc. A dica é deixar os aparelhos plugados apenas durante o uso. Depois de usá-los, retire todos da tomada.

No caso da máquina de lavar, deixe que a roupa se acumule e escolha um dia da semana para lavar tudo de uma vez. Ah, e evite usar extensão em qualquer tipo de eletrodoméstico, pois, além de aumentar as chances de danos nos aparelhos, ela desperdiça energia.

Sabe o degelo que você nunca faz em sua geladeira? É um processo totalmente necessário, pois quando há muito gelo o motor do eletrodoméstico precisa de mais energia para trabalhar melhor.

3) Entre no time do ventilador

Ar-condicionado dentro de casa é cada vez mais comum e desejado, mas esse aparelho, apesar de todas as vantagens, acaba deixando sua conta de luz bem cara. Só para você ter ideia, um sistema de ar em casa pode consumir até 50% a mais de energia em sua conta mensal. Caso ache que o ventilador convencional não resfria com tanta potência, opte por um ventilador de teto, por exemplo, que oferece uma ventilação bem próxima à do ar-condicionado.

4) Tem energia fugindo?

Seguiu essas dicas e outras práticas para economizar energia, mas mesmo assim ainda acha que a conta de luz parece mais alta do que aquilo que você realmente consome? Existe um teste bem simples para identificar se em sua casa tem algum tipo de fuga de energia. Para isso, desligue da tomada todos os eletrodomésticos e em seguida apague as luzes de todos os ambientes. Aguarde 10 minutos e verifique o medidor de luz da residência. O normal é que fique parado, mas, se você perceber que mesmo com tudo desligado ele continua girando, procure um eletricista o mais rápido possível. Isso indica que há algum problema na fiação de casa que gera fuga e, por consequência, maior consumo de energia.

Curtiu as dicas de hoje? Continue nos acompanhando, pois estamos preparando várias novidades para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *